terça-feira, abril 19, 2011

Inferno é a família

Afinal, parece que o FMI é bom rapaz e quer que Portugal pague o empréstimo com juros menos agiotas e num prazo mais alargado.
Ao contrário, os nossos irmãos europeus querem que o castigo nos fique de emenda – juros altos e prazo curto.
Estes nossos manos à força parecem acreditar na teoria do karma, ou seja, que o Além pôr aqui nove milhões de almas de castigo por erros de vidas passadas. Eles sentem que devem, e podem, ser os impolutos executores das penas
Se é para ter irmãos assim, antes quero ser filha única, e até o fratricídio já me parece uma questão a ponderar.
E se a nossa etérea mãe Europa morrer, acho que nem luto ponho.

Sem comentários:

Publicar um comentário