domingo, dezembro 18, 2011

Repulsa

Já é segunda vez que nos mandam emigrar. Desta vez foi o primeiro-ministro em recado aos professores.

Único sentimento possível: repulsa, por um governo que está morto por se livrar da nova geração, ou seja, morto por se livrar do futuro.

Este governo é doente, psicótico, autista, maníaco e desumano.

Já não basta a desgraça de termos caído num buraco, ainda faltava o salva-vidas a empurrar para baixo.

Repulsa e nojo por este governo. O tempo da indignação, já foi.

Sem comentários:

Publicar um comentário