sexta-feira, dezembro 30, 2011

Princesas e desempregados

No dia 4 de Maio 2011 publiquei um pequeno post sobre o hobby de fazer plásticas que Letízia Ortiz adquiriu, enquanto o número de desempregados em Espanha ia subindo, e já era de 5 milhões na altura.

Nunca imaginei que a realeza tivesse tanta procura. Passados todos estes meses, continua a ser um dos meus escritos mais vistos, o que quer dizer que a procura no Google é grande.
Em verdade se diga que o maior número de pesquisas vem do Brasil e vem às revoadas, ou seja, há dias de acalmia e dias de loucura. Presumo que isso tenha que ver com as notícias que vão saindo na imprensa cor-de-rosa, mas só presumo.

Pesquisa-se sobre o biquíni, as mãos, as brigas com a sogra e as cunhadas, as fotos do Natal, o casamento malparado e eu, confesso, acho muito esquisito estar metida no meio disto só por ter um blog(uinho) que fala quase sempre de política.
Certo é que ninguém me mandou misturar alhos com bugalhos, neste caso, princesas com desempregados.

Agora já aprendi que há temas que não se devem misturar sob pena de estar a defraudar o incauto leitor, se não mesmo a fazê-lo perder o seu belo tempo que podia e devia ser, exclusivamente, gasto com as princesas.
Os desempregados formam um grupo chato e não pesquisável, ao contrário das princesas.
Aprendi.

Sem comentários:

Publicar um comentário