quinta-feira, setembro 08, 2011

Realidade melhor que ficção

Sabia-se que Steve Jobs tinha sido adoptado, mas agora que a sua vida parece estar a chegar ao fim apareceu o seu pai biológico a contar uma rocambolesca história de amores contrariados que se pode ler aqui.
Menos conhecida será a história do premiado escritor inglês Ian McEwan, e da sua descoberta da existência dum irmão mais velho, que veio contada em várias publicações e que se pode ler, por exemplo, aqui.

A mãe de McEwan, Rose, engravidou de um oficial do exército britânico, David McEwan, enquanto seu marido estava distante, em combate na Segunda Guerra Mundial. Desesperada para se livrar da prova do adultério, ela decidiu entregar o bebé para adopção.

O marido da mãe de McEwan foi morto na guerra, e ela então casou-se com o seu amante. Até à morte, nunca revelou que tinha tido outro filho. Só a sua irmã partilhava o segredo e foi ela quem narrou os factos ao sobrinho que tinha conhecido apenas como recém-nascido.
Em Junho de 1948 o casal teve outro filho, Ian.
Ian estudou em boas escolas e é um escritor de sucesso. David é pedreiro e nunca conheceu os pais biológicos.
Se lêssemos estas histórias num livro, na melhor das hipóteses diríamos que faziam chorar as pedrinhas da calçada, mas o facto é que a realidade sempre excede a ficção.

Sem comentários:

Publicar um comentário