quinta-feira, junho 02, 2011

Malevolamente curiosa, fui ver.

Aqui na minha paróquia, quer dizer, o meu círculo eleitoral, a bem dizer nem se dá pela campanha eleitoral. Os partidos foram sensíveis aos apelos de poupança e quase não usaram publicidade no espaço público. Por mim, acho bem, poupa-se dinheiro e lixo que costuma ficar por aí a esvoaçar durante meses.
A poupança foi ainda mais longe e, posso garantir, na minha caixa de correio não entrou nem um papelucho partidário.
Todos sabemos que o sistema parlamentar em que vivemos, em que supostamente os deputados que elegemos nos representam, também é uma treta; eles representam apenas os seus partidos.
Como tenho parado pouco por aqui, e na presença de tanta falta de informação, resolvi procurar saber na internet quem são os candidatos que representam os partidos que me podem representar na democracia representativa. Oh! surpresa das surpresas – pelos partidos que elegem, são os mesmos de sempre, quanto aos que não elegem, não os conheço e acho que eles não se deram a conhecer.
Parece-me natural que assim seja; no país não mudou nada, o futuro apresenta-se risonho, e por isso…siga o baile.

Sem comentários:

Publicar um comentário