quinta-feira, junho 02, 2011

Lá fora

Esta notícia do Público é tão perturbadora que fica impossível de comentar.



Hamza, de 13 anos, torturado e morto pelo regime, é o rosto da revolução Síria
O primeiro vídeo era tão impressionante que já foi retirado do YouTube. Mas as imagens do corpo de Hamza Ali al-Khateeb, de 13 anos, morto pela polícia síria, ainda se encontram na Internet, com as marcas da tortura a que foi sujeito bem visíveis. Rosto desfigurado, buracos de balas e de queimaduras de cigarros no peito, pescoço partido, maxilar desfeito e pénis cortado (esta parte do corpo foi disfarçada na versão ainda disponível do vídeo).

Toda a notícia aqui

Sem comentários:

Publicar um comentário